Surto teria levado policial civil a atirar no próprio marido em Palmas nesta sexta

Na noite de sexta-feira (8), uma policial civil foi detida sob suspeita de atirar em seu próprio marido. Conforme o relato da Polícia Militar, ela teria sofrido um surto, utilizado sua arma de fogo e, atingiu o companheiro no ombro. A polícia é Giovanna Cavalcanti Nazareno.

Em seguida, conforme documentos do caso, ela levou a vítima para o Hospital Geral de Palmas (HGP) em busca de socorro.

Giovanna Cavalcanti, policial

civil em Palmas

A Secretaria da Segurança Pública informou que o incidente foi registrado, e a servidora foi autuada em flagrante e segue detida.

Giovanna Cavalcanti relatou à poucas semana uma polêmica. Em suas redes sociais, denunciou assédio moral e sexual contra o delegado Cassiano Ribeiro Oyama, chefe da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Palmas.

Leia também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais