Palmas recebe o maior congresso espírita do Brasil pela 2ª vez, de 10 a 13 de fevereiro, em sua 68ª edição

Palmas recebe, entre os dias 10 e 13 de fevereiro de 2024, pela segunda vez, a Confraternização das Campanhas de Fraternidade Auta de Souza e Promoção Social Espírita (Concafras-PSE), que chega a sua 68ª edição. O evento é um encontro anual que reúne participantes espíritas ou simpatizantes, de diversas partes do Brasil e de outros países, na realização de atividades voluntárias e estudos do Evangelho de Jesus.

Realizada há 68 anos, ininterruptamente, a Concafras não tem sede definitiva. Trata-se de uma caravana de amor e fraternidade, constituindo-se de um movimento de caravaneiros, integrando o Movimento Espírita, sem vínculo com órgãos ou instituições públicas. Sua presidência alterna-se anualmente, conforme a instituição espírita e cidade que a patrocine.

O evento ocorre de forma presencial e online e é realizado simultaneamente, este ano, nas cidades de Palmas (TO) e Paracatu (MG), assim como em 2012, quando as duas cidades também sediaram o conclave.

“A expectativa é de que um grande público de todos os cantos do mundo se reúna em Palmas para estudos doutrinários do Espiritismo entre outros debates e temas que serão desenvolvidos na cidade, levando os ensinamentos de Jesus aos lares visitados e arrecadando donativos para famílias carentes”, conforme destacou o presidente da comissão central da Concafras em Palmas, Neiber Garcia.

O encontro ocorre no Instituto Federal do Tocantins (IFTO) e as atividades voluntárias e as campanhas serão realizadas em bairros como o Setor Morada do Sol I, Jardim Aureny III, Capadócia no Setor Taquari, Parque Cesamar, Praia da Graciosa, entre outros. 

Programação

Durante os quatro dias de evento, a programação conta com cursos teóricos e práticos, estudos e debates, com atividades para crianças, jovens e adultos. Paralelamente, é realizada a Concafrinhas, dedicada às crianças, que partilham da mesma essência do evento.

A programação tem início no sábado, às 20h30, com a abertura oficial do evento. Durante todo o dia, caravanas de diversos estados, de todas as regiões do Brasil e de outros países serão recepcionadas.

No domingo, 12, iniciam-se os estudos espíritas. Durante a manhã, todos os cerca de 1.300 caravaneiros esperados sairão, para diversas regiões de Palmas, para realizarem a Campanha de Fraternidade Auta de Souza, que consiste em levar mensagens de consolo e esclarecimento de lar em lar e também arrecadar donativos, de qualquer espécie, que serão doados a famílias em situação de vulnerabilidade social.

Já na segunda-feira, 13, a programação ocorre das 8h às 22h, com cursos específicos e atividades nas ruas e praças, que consistem em campanhas como a Campanha Camilo Castelo Branco de Prevenção ao Suicídio,  a Campanha Madre Teresa de Calcutá de Prevenção ao Aborto, entre outras.

O último dia de evento ocorre na terça-feira, quando os caravaneiros participam do último ciclo de estudos, com temas livres durante a manhã e participam do encerramento às 12h.

Como surgiu a Concafras

A Concafras nasceu da Campanha de Fraternidade Auta de Souza, que existe desde 1953, que é uma campanha de rua que distribui mensagens espíritas de lar em lar e arrecada doações para famílias carentes.

Em 1957, o fundador dessa Campanha, Nympho de Paula Corrêa, organizou uma reunião com grupos que realizavam ou tinham interesse em começar a realizar a ação. Aí nascia, de forma muito simples, a Concafras, que é a Confraternização das Campanhas de Fraternidade Auta de Souza.

Leia também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais